Alguns Mitos na Hora de Fazer o Seguro do Seu Carro

Qualquer que seja o bem durável, todos querem que ele esteja em segurança para que não haja nenhum tipo de surpresa desagradável. Isto vale, em particular, para quem vive nos grandes centros urbanos, onde há altíssimas taxas de roubo, e que infelizmente, tem aumentado ano a ano. Em se tratando de veículos, ainda se deve levar em conta os riscos de possíveis acidentes, muitos deles causados por motoristas imprudentes e que, certamente, não vão se responsabilizar pelo prejuízo causado a ele mesmo nem ao terceiro.

Acontece que algumas pessoas acreditam em certas inverdades que correm soltas por aí, quando o assunto é seguro. E por conta disso, acabam deixando de realizar a apólice e acabam sendo pegos “de calças curtas”, e tendo que arcar com inúmeros prejuízos não previstos. Os seguros são caros mesmo, até porque as seguradoras hoje, por conta de tantos riscos, oferecem serviços que, às vezes, não são fundamentais e podem sim encarecer o custo pela proteção do veículo. Mesmo na era digital, ainda é muito comum encontrar pessoas que não sabem como buscar informações corretas ou creem na repetição das fórmulas mágicas das falas coletivas.

Sendo assim, é importante ficar atento a certos detalhes no momento de fazer o seguro do carro. Por exemplo, quem tem carro antigo realmente paga mais pelo seguro, devido a reposição de determinadas peças. Isto eleva sim, o valor da cotação.

Se o veículo possuir rastreador ou bloqueador o valor cobrado pelo seguro é mesmo menor, o desconto chega a custar 20% do total, se comparado a um veículo sem estes equipamentos contra roubo.  Mulheres pagam menos por seguro, já que são muito mais cuidadosas ao volante. Os homens são responsáveis por 71% dos acidentes de trânsito.

Quem quiser arriscar e colocar uma trava no volante, não estará livre de roubos, já que esta não impede o ladrão ou assaltante de levarem o bem. 5-Cuide de sua habilitação e da documentação do carro, pois o seguro somente será renovado se tudo estiver em dia. Não é mito.

Quem tem garagem em casa e no trabalho paga menos sim. As seguradoras consideram um risco menor. Há sim cobertura para acidentes naturais. Fique atento no momento da contratação.  Não atrase as parcelas do seguro, pois caso aconteça, o seguro é sim cancelado. Para isto, não há perdão em qualquer que seja o caso.