Citroen C3 Recebe Quatro Estrelas na Latin NCAP

Em contrapartida o C3 nacional fica devendo ao europeu em equipamentos. Saiba porque o modelo foi eleito um dos melhores veículos nacionais.

 

Recentemente o novo Citroen C3 que deverá estar no mercado em breve na versão 2016 passou por uma grande bateria de testes de colisão realizadas através do Latin NCAP órgão que avaliou outros grandes veículos, dentre eles o Nissan Tiida, o Seat Leon ST entre outros. O modelo hatch fabricado na cidade de Porto Real no Rio de Janeiro conta com quatro estrelas para a proteção de passageiros adultos e duas estrelas para proteção de passageiros crianças, eleito em um máximo de cinco estrelas.

O que podemos esperar do novo modelo Citroen C3

De acordo com o instituto a estrutura de fabricação do C3 foi considerada como instável, em contrapartida os airbags frontais puderam proporcionar um nível bastante adequado de proteção para os passageiros adultos. Este foi considerado como um rendimento aceitável.

Em contrapartida, de acordo com o Latin NCAP o equipamento de segurança considerado básico do C3 está bem aquém da sua nova versão básica europeia. Os airbags laterais, o isofix e o interruptor para desativar o airbag do acompanhante não está disponível na versão do equipamento básico, nos modelos lançados para a América Latina e o Caribe. Entre outras particularidades o Latin NCAP acabou estimulando a todos os fabricantes a continuar melhorando o modelo C3 latino.

Entre outras novidades, o Latin NCAP comunicou que deverá divulgar outros resultados diferenciados nos próximos meses do ano, entre julho, setembro, novembro e dezembro. Além disto o órgão recebe um apoio gerencial das empresas Global NCAP, do International Consumers Research & Testing (ICRT) e do Banco Interamericano de Desenvolvimento, além disto, excepcionalmente neste ano o Latin NCAP também contou com um suporte diferenciado de iniciativa mundial de segurança de cunho viário da Bloomberg Philanthropies.

Com relação a estes testes, a Citroen pretende cada vez tornar os seus veículos alguns dos melhores que existem no mercado nacional, e inclusive tornar o seu carro chefe como um dos grandes queridinhos do mercado nacional, o que ainda não ocorre.