Coisas Que Todo o Motorista Deveria Saber Sobre o Óleo

O óleo nem sempre acaba ganhando a atenção que merece e que precisa dos motoristas e donos de carros. Afinal de contas, ele não precisa estar sempre sendo comprado, como é o caso da gasolina, e isso faz com que algumas pessoas simplesmente acabem não dando muita bola para ele, o que pode acabar se mostrando um grande erro e problema para o veículo no futuro.

Confira algumas informações importantes que devem ser levadas em consideração sobre o óleo dos carros.

Fique sempre atento aos prazos de troca

Muitas pessoas acreditam que o óleo só precisa ser trocado quando ele realmente chega ao fim devido ao desgaste ou quando o carro acaba pedindo. Mas é fundamental respeitar a data de troca, que geralmente é estipulada pelo fabricante de cada tipo de óleo, ou então pela fabricante do carro, que recomenda a troca sempre depois de uma certa quantidade de quilômetros rodados.

Siga o tipo de óleo recomendado no manual do carro

Esta é uma informação que grande parte dos motoristas acabam não levando em consideração. A montadora do carro sempre informa, no seu manual, o tipo de óleo que deve ser utilizado. Portanto, jamais as pessoas devem utilizar tipos de óleos que não sejam aqueles indicados pela montadora.

Cuidado com a quantidade de óleo

Existe uma quantidade mínima e máxima de óleo que deve ser utilizado, sendo que estes realmente são representados na varinha de medir. Portanto, é recomendado que os motoristas nunca coloquem menos, mas também nunca coloquem mais do que o nível indicado.

Saiba identificar os sinais da troca de óleo que o motor apresenta

Geralmente quando o motorista acaba esquecendo de trocar o óleo na data indicada acabam aparecendo determinadas reações de parte do motor do carro, que poderão ser sentidas pelo motorista. Geralmente são sentidas trepidações e também consumo excessivo.