Cuidados Com o Câmbio Manual

O carro é uma paixão nacional assim como futebol. Algumas marcas de carros têm uma história muito marcante no país, uma vez que se tratam montadoras que se instalaram aqui e fizeram grande trajetória – tanto no que concerne o desenvolvimento dos automóveis como a popularização deles.  Muitas delas hoje são símbolos de ideal de tecnologia, confiança e durabilidade.

 

Entretanto, é importante que mesmo ao adquirir um carro dentro destes padrões, ele receba todos os cuidados necessários para que tenha vida longa, e um dos itens que merece ainda muita atenção é o câmbio, em especial o manual. Mesmo em tempos de variedade de câmbios – automático e dual-logic (este funciona com os dois sistemas, tanto manual quanto automático), é importante ficar atento em como está sendo feito o uso do cambio, bem como a necessidade de manutenção dele.

 

A manutenção de qualquer carro deve ser realizada, pois ela é preventiva. Na checagem são detectados vários problemas que podem afetar o câmbio e acarretar a necessidade de troca da caixa. E trocas de itens devem ser periódicas e respeitar as recomendações técnicas de cada fabricante. Se isto não for realizado com muito critério e atenção, o carro amado não terá nem o desempenho que o fabricante garante existir muito menos o tempo de durabilidade que o carro poderia ter, caso houvesse uma manutenção correta e adequada.

 

O câmbio de um automóvel tem a função de fazer com que o veículo se desloque. Há uma caixa de câmbio que está ligada a toda a engrenagem do carro e, a cada troca de marcha, há um aumento na velocidade e no giro do motor, que está sempre sendo regulado de acordo com a posição do câmbio (ou da marcha).

 

A troca de marcha deve ser feita sempre que há um aumento na velocidade e / ou aceleração do motor, nunca deverá ser feita de forma brusca ou recheada de solavancos. O correto é que a partida seja dada em primeira marcha, respeitando os torques e a rotação do carro.

 

Também não se deve economizar em qualquer troca de peças. Mesmo que os carros tenham peças que sejam fáceis de serem encontradas e repostas, optar por similares por serem mais baratas, poderá trazer consequências no quesito durabilidade. Seguindo todas estas recomendações, certamente o seu carro terá uma vida longa e a sua satisfação garantida.