Cuidados Com Pneus e Troca de Óleo da Moto

Quem gosta de andar sob duas rodas, tem de ter  cuidado redobrado com a motocicleta. Ela, assim como os carros precisam de manutenção preventiva, para que as suas engrenagens funcionem corretamente. E não é apenas isso. Trata – se de uma questão de segurança e cuidado com o bem durável. Quem faz as revisões nos períodos corretos, bem como dirige de forma defensiva, certamente terá a sua moto inteirinha por mais tempo.

 

Os pneus de uma moto devem ser checados constantemente. Uma simples pausa em um posto de abastecimento, vai permitir saber se a calibragem dos pneus está adequada. Vale lembrar que o procedimento correto é fazer a checagem com os pneus frios, nunca quentes depois de rodar um dia inteiro. Isto porque quando o pneu aquece em contato com o piso, a pressão do ar interno aumenta e a bomba identifica uma pressão maior. Rodar com pneus com calibragem abaixo do indicado pode até deixar a moto mais leve, entretanto, o risco de tombar aumenta, em especial nas curvas, já que a aderência ao asfalto diminui. Outra questão é quanto a vida útil dos pneus. Guiar com pneus cuja calibragem está abaixo do indicado fará com que eles durem menos do que deveriam.

 

Os pneus ainda precisam ser trocados a cada 5 anos, mesmo que não estejam gastos. Essa é uma resolução do Departamento de Transportes. A borracha dos pneus enrijece e resseca com o passar dos anos, e isso diminui a capacidade de adesão ao asfalto, o que pode causar derrapagens. Verifique, portanto, a data de fabricação, que  fica estampada na lateral do pneu, perto da inscrição “DOT” (de Department of Transportation). É uma sequência de quatro números, na qual os dois primeiros revelam a semana em que foi produzido e os dois últimos, o ano de fabricação. Por exemplo – 0212 – indica a segunda semana de 2012.

 

Outro sinal de que os pneus da moto precisam ser trocados, é quando os sulcos atingem uma profundidade quase imperceptível. A função dos sulcos é justamente permitir que a água, em dias de chuva, escoa. Faça a troca por pneus originais e recomendados pelo fabricante da moto.

 

A troca de óleo é uma manutenção que não pode deixar de ser feita em seu tempo correto. A troca de óleo reduz o atrito entre as peças  e aumenta a durabilidade do motor. Cheque sempre o nível do óleo a cada 1.000 quilômetros, e use óleo apenas recomendado.