Cuidados Para Quem Vai Viajar de Moto

Quem gosta de estar sempre na estrada sabe sobre a importância de fazer um planejamento minucioso antes de qualquer viagem. O conselho serve em dobro para aqueles que gostam de viajar sobre duas rodas, uma vez que fazer toda a preparação da viagem evite uma série de problemas que podem acontecer e deveriam ser evitados.  Mais sensíveis do que os carros, há uma importância crucial em verificar certos itens da motocicleta antes de pegar a estrada com ela.

 

Itens Elétricos, mecânicos, bagageiro, bem como combustível, precisam estar em ordem. Qualquer probleminha relacionado com um desses itens pode comprometer aquela viagem de final de semana tão esperada. Além disso, é fundamental verificar o alinhamento das rodas. Nunca se deve esquecer que a moto é fascinante, mas também pode ser um problema se não for cuidada com todo o esmero. Um carro roda mais quando está com problemas do que uma moto, sem contar que os riscos de acidentes também são muito mais acentuados.

 

Enquanto, acontecem os preparativos para a viagem, e a moto ainda está parada, vale a pena agachar e já começar a dar uma olhadinha em algumas questões. Por exemplo, faça uma inspeção minuciosa nas rodas e pneus. Um pneu novo sempre funciona melhor do que um que já está em uso há certo tempo. Se a moto é novinha em folha, os pneus dificilmente apresentarão problemas – embora não seja impossível. Verifique as rodas, veja se não está com algum tipo de desalinhamento, afinal, passar em qualquer buraco pode desalinhar carros e motos. Mas tome cuidado: os pneus novos vêm com uma camada de proteção que impede a total aderência ao asfalto, o que os torna mais escorregadios. É preciso rodas alguns quilômetros para que esta camada desapareça.

 

Se a moto já apresenta alguns bons quilômetros rodados, é importante verificar alinhamento, balanceamento. Ainda, é importante seguir com a verificação dos pneus. Aqui fica a dica: pneus que tiverem já algum tempo de uso, procure por deformações, cortes ou objetos estranhos encravados na banda de rodagem. Nesse último caso, se forem pneus do tipo sem câmara, não retire o “ET” espetado na banda, uma vez que isso pode significar a abertura para a passagem do ar. Procure um borracheiro de confiança e que saiba desmontar rodas e pneus de motos. Nem todos os borracheiros possuem este conhecimento. Então, vale a máxima: tenha em mãos um kit de ferramentas para fazer a montagem e desmontagem das partes da moto.