Dicas Para Melhor Manutenção dos Carros

Acabou de comprar um carro? Basta que isso aconteça para que uma avalanche de informações, muitas delas desencontradas passem a ser dadas por pessoas quem reproduzem apenas o que ouvem. Carro exige determinados cuidados que são estipulados pelas montadoras e devem ser cumpridos, todos para que o veículo fique em segurança e tenha uma durabilidade de peças e uso garantidos. Não dá para brincar com um bem que, embora seja durável, se desgasta como qualquer outro. Trata – se de um bem de valor e que precisa de manutenções adequadas.

 

Não caia, portanto, nas armadilhas de fazer o que os outros falam. Lembre – se de que pessoas que não são mecânicos especializados, muitas vezes, nem cuidam dos próprios veículos de forma correta.

 

Cuide dos pneus para que a durabilidade deles seja mais garantida. Diversos sites informam que rodar com o pneus com calibragem menor do que a indicada pelo fabricante, o carro vai ficar mais macio de ser conduzido. De fato, isto até é uma verdade. Carros com os pneus mais “murchos” dão esta sensação mesmo. Os problemas são outros. Primeiro é em relação ao desgaste. Rodar com pneus numa calibragem menor do que a indicada vai provocar um desgaste maior em suas laterais. Outra questão é quanto à segurança. Numa curva, é muito mais fácil derrapar quando os pneus estão com calibragem a baixo do indicado.  Não caia nessa, se quiser que seus pneus durem ao menos 40.000 quilômetros, o que indica o fabricante.

 

Faça a calibragem, alinhamento e balanceamento dos pneus a cada 10.000 quilômetros. Isto vai garantir uma vida útil maior. Faça ainda os rodízios nesse mesmo período. Se passar por um buraco e sentir que o carro balança mais do que o natural, também faça um novo alinhamento.

 

Troque os fluídos de freio no tempo indicado. Eles devem ser substituídos a cada 30.000 quilômetros. Freios são itens de segurança máxima e devem ter uma atenção redobrada, em particular nos veículos que ainda não apresentam os freios ABS.

 

Carros novos que acabaram de sair da concessionária precisam passar pelas revisões nos prazos indicados. Fazer a revisão de fábrica garante os direitos que são oferecidos como reposição de peças, recalls, e outros problemas que podem aparecer no meio do caminho.

 

Cuidados com o ar condicionado. Se o carro roda com o ar condicionado sempre ligado, há um aumento considerável no consumo do combustível. Faça a troca do filtro sempre que o prazo chegar ao limite.