Ferrari Poderá Vender Cerca de US$ 10 Bilhões em Ações nos EUA

A Ferrari é uma das marcas mais conhecidas do mundo inteiro, e também considerada uma das mais valiosas do planeta, não apenas dentro do segmento automotivo. A Ferrari está presente na vida das pessoas de muitas formas. Mesmo aqueles que não conseguem comprar um carro da Italiana acabam comprando uma roupa, um perfume, ou qualquer outro das centenas de produtos licenciados.

Mas, até o momento, a Ferraria inda não havia negociado seus papeis na bolsa de valores dos Estados Unidos, a mais importante do planeta, abrindo a possibilidade de qualquer investidor se tornar dona de um pedacinho da empresa. Mas isso vai mudar em breve, pois a empresa confirmou que pretende negociar os seus papeis em Wall Strett.

De acordo com as informações que constam nos documentos que foram enviados a um organismo que supervisiona o mercado de valores de Wall Street (SEC) – equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no Brasil recentemente, a Ferrari pretende vender cerca de US$ 10 bilhões em ações.

Durante anos o mercado especulou quando a empresa Italiana finalmente lançaria os seus papeis para compra na bolsa dos Estados Unidos, mas parece que os rumores deste ano de 2015 são oficiais, e o lançamento deverá ser feito nas próximas semanas. A Ferrari espera vender 17,17 milhões de ações, o que representa aproximadamente 9% de seu capital, a um preço entre US$ 48 e US$ 52 dólares o papel.

Com a Ferrari teria um grande aporte de valor, que poderia ser utilizado para a expansão da companhia. De acordo com os cálculos feitos pelos especialistas, de acordo com as informações que constam nos documentos, a empresa levantaria um total de US$ 893,1 milhões, fazendo que o valor de mercado do grupo passasse a US$ 9,92 bilhões.