Modelo Mais Vendido da Ducati no Brasil é Renovada na Europa

O modelo deverá receber um aprimoramento no seu motor, o que ganha um torque diferenciado. A moto surgiu em um lançamento determinado no Salão de Genebra na Suíça.

A Ducati, que é uma parte da empresa alemã Volkswagen recentemente revelou uma versão renovada da Diavel 2014 no salão suíço. E apesar de manter todo o conjunto determinado da versão anterior, a moto acabou recebendo uma série de aprimoramentos mecânicos e ainda pequenos retoques diferenciados nos seus visuais.

Não existem datas específicas para a chegada do modelo da ova Diavel ao Brasil, o modelo fechou o ano de 2013 como a grande líder de vendas da empresa no país, com mais de 361 unidades emplacadas, de acordo com os números divulgados pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos automotores. A versão brasileira da Diavel é totalmente montada pela Dafra em Manaus.

Um modelo com mais torque e um visual diferenciado

Entre todas as novidades, podemos citar uma evolução de motor com tecnologia Testastretta 11º, de dois cilindros e 1198,4 cc. E apesar de manter toda a potência de 162 cavalos, a cifra máxima poderá ainda chegar mais cedo a um equivalente de 9250 rpm, enquanto que a Diavel anterior aparência um equivalente de 9.500 rpm com todas as alterações de comportamento, com os modelos que devem ser menos ariscos e ainda mais lineares.

O modelo deverá contar com freios em ABS, bem como o controle da tração dos modos existentes de condução com uma alteração existente de comportamento determinado dos motores, e ainda um sistema de segurança em série. E mesmo tendo um visual bem semelhante a uma custom, a Diavel ainda possui comportamentos bastante similares ao de uma moto Naked com suas pretensões esportivas.

Se você gostou do modelo, ele deverá estar em breve á venda aqui no Brasil, por isso confira a seguir algumas fotos do modelo, e veja porque você irá fazer sucesso com ele nas ruas. Um veículo interessante, bonito, imponente e o melhor de tudo isto, extremamente econômico tanto nas suas peças como em consumos de combustível.