Produtos Para Recuperação e Manutenção da Pintura de Motos

O visual de uma motocicleta está diretamente relacionado com a manutenção de sua pintura, e a conservação das partes que recebem algum tipo de verniz. A ação do tempo bem como a falta de manutenção correta pode ocasionar em danos permanentes na pintura, que somente serão corrigidos por meio de reparos em oficinas especializadas. Se a pintura está opaca, riscada, sem viço, ela deverá ser lavada com mais regularidade e de forma adequada para que haja uma tentativa de recuperação da pintura. Em casos mais extremos, é preciso fazer um polimento ou até mesmo uma repintura das partes que ficaram expostas e sofrem danos.

 

Conservar a pintura da moto é algo importante, mas fundamental é saber reconhecer ou identificar o estado de conservação da pintura da moto. Isto em particular no momento de compra e revenda do bem. Uma pintura muito deteriorada poderá ser reconhecida pela falta de brilho, mesmo em caso de pintura fosca. Haverá muitos riscos nas partes pintadas, e um elevado acúmulo de sedimentos. Quem possui uma moto nesse estado, precisa, primeiramente, lavar a moto com o auxílio da máquina de alta pressão, para a retirada de qualquer resíduo – evite esfregar panos ou buchas – para não danificar ainda mais a pintura. A secagem também deverá ser feita com cuidado.

 

Mas não é apenas isto. Não se pode utilizar qualquer tipo de produto para recuperação e /ou manutenção da pintura de uma motocicleta. Como os produtos para limpeza e conservação são compostos a partir de três componentes básicos – solvente, abrasivo e, cera – cada um deles têm uma função específica e deverá ser usado em casos particulares também.  Os solventes são os responsáveis pela limpeza química – removem resíduos e sujeiras. Os abrasivos já se responsabilizam pela remoção mecânica de material sedimentado, e tendem a ser muito finos; já as ceras são as responsáveis pela manutenção e recuperação do brilho.

 

Vale lembrar que tais produtos também se agrupam e se relacionam no mercado por categorias: profissional e de uso amador (ou caseiro).

 

Os produtos profissionais são aqueles utilizados para polimento, cristalização, revitalização de pinturas. Como se trata de produtos que têm aplicação automobilística, eles sempre necessitam do auxílio de máquinas especificas para as suas aplicações. Por isso, não se deve usá-los em aplicações caseiras, já que podem comprometer o estado da pintura da motocicleta.

 

Massas para polimento, ceras automotivas, xampus, ceras de tipo “brilho”, podem ser usadas em casa, sem que haja preocupações com o auxílio do uso de máquinas específicas. Dificilmente estes produtos causam danos às pinturas.